20 de agosto de 2021

Ministério Público Criminal pede a condenação do suspeito de ser o “maníaco da calcinha” de Concórdia

 


O Ministério Público Criminal da Comarca de Concórdia, por meio do promotor João Paulo de Andrade, pediu, durante audiência de instrução e julgamento nesta quinta-feira, dia 19, a condenação de um homem acusado de ser o “maníaco da calcinha” na Capital do Trabalho.

 

Foi apurado durante investigação ao menos cinco situações onde o indivíduo invadia a casa das vítimas para furtar as roupas íntimas. Geralmente as calcinhas estavam no cesto para serem lavadas. Em uma das ocasiões, ele foi filmado pelo sistema de monitoramento furtando a calcinha que, antes de ser levada, era cheirada pelo ladrão.

 

A denúncia aponta ainda que as calcinhas, oito no total, foram encontradas durante um trabalho de busca e apreensão realizado pela Polícia Civil no quarto do acusado. Se condenado, o homem poderá pegar uma pena superior a 3 anos de reclusão.


Fonte: Atual FM



Comentários
0 Comentários