7 de agosto de 2020

Liberadas as missas presenciais nos fins de semana

Em novo decreto publicado ontem (6), o prefeito de Campos Novos, Silvio Alexandre Zancanaro, prorrogou por mais sete dias a suspensão do transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal. A medida começa a valer a partir de segunda, 10 de agosto até domingo, 16 de agosto. 

O novo decreto também autoriza a presença de público em missas e cultos religiosos aos sábados e domingos, desde que respeitadas as medidas de prevenção a Covid-19, como uso de álcool gel e uso permanente de máscara no interior das igrejas. A medida retifica o decreto municipal de 31 de julho, em que ocorreu nova suspensão presencial em missas e cultos em Campos Novos. Permanecem sem público, as missas durante a semana.

Conforme o pároco de Campos Novos, padre Dirceu de Rocco, com esse decreto, a Paróquia São João Batista volta a acolher os fiéis nas missas já neste fim semana. Nos sábados, a missa acontece na Igreja Matriz, às 19 horas e aos domingos, às 8h e às 19h. No Santuário Aparecida, as missas ocorrem às 9 horas e às 15 horas nos domingos. No interior, as missas também retornam nos fins de semana. Neste domingo, estão agendadas celebrações na Serraria Pacheco e em Santa Catarina, Ibicuí. 

Outras medidas

Quanto ao decreto de 31 de julho, as medidas determinadas para conter o avanço da Covid-19 vão até a próxima quinta-feira, 13 de agosto, mas devem ser renovadas em novo decreto que deve sair hoje, por conta da classificação de risco potencial grávissimo na região de Campos Novos e Joaçaba. Hoje pela manhã (7), uma reunião virtual entre os prefeitos do Planalto Sul e Meio-Oeste definiu aguardar a posição do Estado, após a decisão judicial que obriga o governo a retomar o controle das medidas sanitárias de forma regionalizada e por classificação de risco.  

Estão valendo ainda no munícipio: atendimento dos bares até às 18 horas de segunda à sexta e fechamento após esse horário, nos fins de semana e feriados. Com relação aos restaurantes, o horário de funcionamento é até às 22 horas, independente do dia de semana. É proibido o consumo de bebidas e a permanência em lojas de conveniência e estabelecimentos 24 horas, a partir das 18 horas. Após esse horário, é permitido somente a retirada de produtos no local ou por tele-entrega. A permanência em praças segue proibida por tempo indeterminado.

 

Informações: Folha Independente


Comentários
0 Comentários