16 de fevereiro de 2021

Polícia Rodoviária flagra caminhão de Campos Novos com emulador de Arla 32




O condutor de um caminhão Scania com placas de Campos Novos foi flagrado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) com um emulador de Arla no veículo no final da manhã desta terça-feira (16) na SC-350, em Lebon Régis.

O veículo foi abordado por volta das 11h50min durante fiscalização no km 207 da rodovia.

De acordo com a PMRv, durante a vistoria foi constatado que o Arla existente no reservatório estava dentro do aceitável. No entanto, ao efetuar uma verificação mais detalhada, os policiais localizaram o equipamento que burla o funcionamento do sistema catalisador, não diminuindo a emissão de poluentes.

O IGP foi acionado e constatou a fraude, crime ambiental previsto no Art. 54 da Lei 9.605/98. Foi confeccionado o Boletim de Ocorrência com a apreensão do equipamento eletrônico (Emulador).

O que é e para que serve Arla 32?

Arla 32 é o nome dado a um agente redutor essencial, que reduz a emissão de poluentes transformando os tóxicos óxidos de nitrogênio em materiais não-nocivos, como nitrogênio e água. Arla é uma abreviatura para Agente Redutor Líquido Automotivo.

Já o 32 se refere à concentração de uréia dentro da solução de água desmineralizada presente no tanque – para cada 100g de água, há 32,5 g de uréia (32,5%). A uréia é a substância responsável por gerar a reação química para quebrar os óxidos de nitrogênio, transformando-os em água e nitrogênio. Esse agente consegue evitar até 98% das emissões de óxido de nitrogênio para a atmosfera – além de poluente, ele também é nocivo à saúde e responsável por diversas doenças respiratórias.


Contribuição: Caco da Rosa

Comentários
0 Comentários