14 de março de 2021

Covid-19 matou nove bebês com menos de 1 ano em SC; total é de 37 vítimas entre zero e 21 anos

 


Em um ano de pandemia do novo coronavírus, Santa Catarina registrou, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 29 mortes causadas pela doença entre crianças e adolescentes, de 0 a 17 anos. Até 21 anos, os casos de óbitos chegam a 37. Neste grupo, 22 morreram no ano passado e 15, em 2021. O levantamento foi feito pelo G1 SC e NSC junto à SES.

Na faixa etária entre 0 a 21 anos, proporcionalmente os que mais morreram no estado foram bebês com menos de 1 ano, com nove casos.

Ainda que o número de casos de Covid-19 entre crianças e adolescentes possa ser considerado baixo quando comparado com a população total do estado, nas últimas semanas hospitais relatam que houve aumento na procura de leitos pediátricos para pacientes infectados com o novo Coronavírus.

 

Revisão na base de dados

 

Os dados foram atualizados pela última vez na quinta-feira (11), quando a Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive) fez uma revisão na base de dados. Nesta sexta-feira (12), não houve registro de mortes incluindo esta faixa etária.

Segundo o órgão, a reanálise foi necessária porque havia equívocos no registro de idade das crianças. Até então, em fevereiro havia quatro e em março um bebês com menos de 1 ano, que constavam no sistema.

Com a atualização o número quase dobrou. Desde o início da pandemia, foram seis óbitos em 2021 e três no ano passado.

Neste ano, dois casos foram no Oeste catarinense e a mesma quantidade na Grande Florianópolis. Os outros foram no Sul, Vale do Itajaí e Litoral Norte. O intervalo entre as mortes foi entre 11 de janeiro a 3 de março.


Fonte: G1 SC

Comentários
0 Comentários