7 de junho de 2021

Grupo de Campos Novos participará de reunião com Ministério da Infraestrutura para debater Ferrovia do Frango

 


Empresários da região e interessados vem levantando já há alguns meses uma movimentação para debater novamente a realização do projeto 'Ferrovia do Frango' em Santa Catarina.

Nesta semana o grupo fará uma reunião virtual com Marcos Kleber Ribeiro Félix, Assessor Especial do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

A reunião acontece amanhã, terça feira, com objetivo de discutir novamente a implantação da Ferrovia do Franngo em Santa Catarina.

O 'Movimento Prol Ferravia do Frango iniciou as atividades em outubro de 2020 e vem construindo uma conscientização entre empresários e apoiadores para reascender a discussão e movimentar a inplantação.

Nas redes sociais e veículos de imprensa o movimento vem ganhando força e pode ser acompanhado através da página: https://www.facebook.com/Ferroviadofrangosc

HISTÓRICO

Em 2012 o ex-governador Raumundo Colombo reuniu-se com ministro dos Transportes, Paulo Sérgio de Oliveira Passos com  objetivo de pedir apoio para viabilizar os projetos das três ferrovias que cortam Santa Catarina: a Leste-Oeste, ou Ferrovia do Frango (de Chapecó a Itajaí); a Translitorânea (interligando os portos); e a Norte-Sul (do Norte do Brasil até o porto de Rio Grande/RS, passando pela região Oeste de Santa Catarina).

 

Em 2013, onde houve uma mobilização através de uma reunião em Curitibanos, na época o presidente da Frente Parlamentar de Ferrovias, Deputado Pedro Uczai efetuou uma reunião para debater amplamente o projeto da ferrovia que abrange os municípios de Itajaí, Blumenau, Rio do Sul, Correia Pinto, Curitibanos, Campos Novos, Joaçaba, Xanxerê, Chapecó, Maravilha, São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira (Traçado Original).

A Ferrovia do Frango também chegou a ser chamada também de Ferrovia da Integração, mas apesar do apoio dos prefeitos, e entidades como Faesc e projeto aprovado pelo Governo Federal, acabou barrada nos custos para construção.

NOVO MOVIMENTO

O projeto em prol da Ferrovia do Frango ganhou novo fôlego com a necessidade de uma logística maior para toda a região Oeste e Meio-Oeste, com os custos altos para recuperação e duplicação das BRs 282 e 470 empresários, população e interessados levantam o assunto para que o mesmo seja realmente debatido pois promove crescimento e desenvolvimento.

Em visita a Campos Novos o governador Carlos Moisés foi perguntado sobre o projeto e o inicio de um novo movimento e a necessidade, e comentou:

"As demandas sobre ferrovias já foram levadas ao Governo Federal, mas para eles não é uma necessidade, não que não devem ser feitas, mas que carecem de investimento e este valor é alto. Temos uma dificuldade de relevo também, mas podemos abrir a conversa no futuro próximo".

 

Comentários
0 Comentários