2 de setembro de 2021

Ministério Público entende que município de Abdon Batista foi vítima do “Golpe PIX” e arquiva processo

 


A Promotoria de Justiça da Comarca de Anita Garibaldi, arquivou o processo instaurado com o propósito de apurar possíveis irregularidades quanto à movimentação indevida de valores nas contas bancárias de titularidade do município de Abdon Batista junto a agência do Banco do Brasil do município.

 

O procedimento foi levado ao conhecimento do Ministério Público, através da Prefeitura de Abdon Batista, por meio do relatório final de sindicância instituída após o município ser vitima do “Golpe do PIX”.

 

Em sua decisão o promotor de justiça, Guilherme Back Locks, afirma que:

 

“A presente notícia de fato deve ser indeferida. Do compulsar das informações trazidas no bojo deste procedimento extrajudicial, verifica-se que a Municipalidade de Abdon Batista (SC) adotou as medidas cabíveis ao caso.

Conforme consta do relatório, o servidor Sérgio Márcio Zanchett foi vítima de um golpe financeiro perpetrado via telefone.

Assentou-se que o golpe foi "perpetrado em virtude da invasão do sistema gerenciador financeiro do Banco do Brasil, e esta pessoa fazendo-se passar por funcionário do Banco do Brasil, conseguiu mesmo sem a senha transferir das contas do Município via PIX  valores para diversas contas como contas laranjas ".  Tem-se que rotineiro fotos e Whatsapp são utilizados para resolver questões a respeito de movimentações financeiras e de sistema entre a agência bancária e o setor municipal responsável, que ao receber ligação de moldes identificados ou sequer desconfiou que se tratava de uma fraude  . 

 

Em ato contínuo, após constatar a ocorrência do fato, o servidor Sérgio Márcio Zanchett juntamente com o Prefeito Municipal, tomaram as devidas medidas legais, de forma que procederam o registro de Boletim de ocorrência' junto à Delegacia de Polícia; prestaram declarações preliminares perante o Delegado de Polícia; Sérgio promoveu a contestação do débito junto a agência bancária, bem como aplicou esforços para conseguir o ressarcimento do dinheiro retirado dos cofres públicos.

 

O que resta claro, é que o servidor Sérgio Márcio Zanchett e o Município de Abdon Batista foram vítimas de um golpe praticado mediante ligação telefônica e acesso fraudulento ao sistema de gerenciamento financeiro do Banco do Brasil que é utilizado pelo Município.

 

Além do mais, o Banco do Brasil reconheceu a fraude aplicada contra a Prefeitura e promoveu a restituição do valor aos cofres públicos em sua integralidade.

 

Com efeito, a Prefeitura Municipal de Abdon Batista não veio a sofrer prejuízo econômico.


Confira na integra:


DESPACHO

OFICIO




Comentários
0 Comentários